Bagucci de Gio Rodrigues é igual à D&C da feira

Estudei em Aveiro, cidade dos moliceiros, ovos moles e de Gio Rodrigues. Onde pela primeira vez podemos ver a agência de moda e loja deste "talentoso estilhista". Há quem diga, que por azar ou sorte, houve um grande incêndio, que o fez mudar o seu talento para onde podia ser mais visivel, para o Porto. Incêndio este, que pela localização do seu atelier deve ter destruido o convento de S. Clara em Aveiro (alguém ouviu falar disso, ou já é uma peta?).

Passado à parte, vamos conhecer o trabalho deste criativo do discurso empolado. 
O último feito deste menino, foi a capacidade de criar uma marca (totalmente nova, quase irrepetível), e tentar internacionalizar (bela palavra que abre portas). Contudo, numa perspectiva analítica, utilizar o nome Bagucci é exactamente a melhor ilustração da mediocridade de pensamento de Sérgio. É quase Gucci, é um Bag da Gucci, brilhante...
Mas não fica por aqui. Apesar de ser afortunado por um filho bonito, Sérgio não tem sorte com as mulheres, argumento que deixo à expeculação do blog Bichisses.  Sérgio sortudo com a vida, conheceu uma senhora cega ou surda, que não percebe exactamente no que se mete. Mas não vou por aí (a sexualidade não é para aqui chamada).
Quando vemos colecções de moda nacional, vemos talentos brilhantes com o Filipe Oliveira Batista ou o Luís Buchinho. Contudo não se entende como este senhor que fez carreira na moda em aparições em discotecas de segunda, pode ter tamanho destaque.
É fácil entender que entretenimento de pó de talco, ajuda a conhecer gente. Não há como não partilhar quando vivem, usam e enrolam as mesmas notas, numa seguimento de diversão.
Tenho pena de quem sustenta esta ilusão. Tenho pena da namorada do Gio, da família dele, tenho pena dos clientes que acreditam nele, tenho pena dos pobres de espírito.
Agora a última estratégia de Gio Rodrigues, designer de moda, é o lançamento do seu site, caminho para a internacionalização, não percebo o que vai ele vender, e a quem? não entendo qual o objectivo de abrir lojas (mesmo online) para apresentar produtos de segunda. Já pensaste Gio, que se calhar tens mais vantagens se te associares a uma marca Chinesa, ou mesmo às lojas dos 300, assim o teu segmento (entre a Maria e a Nova Gente) é concerteza assegurado. Podes sempre abrir um departamento pequeno da Bagucci em cada loja dos chineses no mundo... a tua primeira cadeia.
Não pretendo gastar mais espaço virtual com o Sérgio Rodrigues. Por isso poupo os meus bits e bytes para quem verdadeiramente mereçe a minha crítica.

Ser Português é achar que um trocadilho com o nome de uma marca conhecida, vai passar ileso.

P.S. Antes Valenciaga, D&J ou mesmo Harmani...


6 comentários:

Keyser Soze disse...

O Sr Rodrigues tem cara de cu.

Tenho dito.

Anónimo disse...

Sempre pensei que o nome artístico dele fosse adaptado do "Acqua de Gio" do Giorgio Armani... Quem sabe se não estará também para vir uma linha de perfumes...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

moja naložba [url=http://www.avtomobilii.info]prodaja avtomobilov[/url]

Anónimo disse...

It's awesome for me to have a web site, which is helpful designed for my experience. thanks admin

Feel free to surf to my website Nike Air Max 2012